|  (62) 3541-0849
 

Blog


Hipersalivação: Quais as causas e consequências?

O excesso de saliva pode mostrar que existe algum outro problema de saúde ou também ser causada por fatores como gravidez, nascimento da dentição em bebês e infecções orais, como amigdalite. Confira abaixo mais alguns fatores que podem aumentar a salivação e os possíveis tratamentos.


Publicado em 23 Setembro 2021

Compartilhe:      

 

A produção de saliva em excesso ou sialorreia pode acontecer com o uso de alguns medicamentos e também por algum distúrbio neuromotor, como o AVC, a esclerose múltipla e o Mal de Parkinson. A hipersalivação pode indicar algum problema de saúde e afetar até mesmo a auto estima. Além disso, pode causar outros problemas como rachaduras nos lábios, mau hálito, desidratação ou dificuldades na fala.


Caso este problema esteja afetando a rotina, é importante procurar um médico ou dentista para encontrar a causa e resolver o quanto antes.

 

De onde vem a hipersalivação:


A saliva é controlada pelo sistema nervoso, por isso é normal acontecer em casos de doenças neurológicas. Os três pares de glândulas salivares que existem na boca são responsáveis por toda produção de saliva que é entre 500 ml e 2 l por dia.


Ela é importante para lubrificar a boca ajudando o ato de engolir, possui uma enzima importante para iniciar a digestão do amido, remova particular de alimentos dos dentes e contribui para manter os dentes fortes.


Caso o corpo produza mais do que a quantidade considerada normal, pode ser um caso de hipersalivação ou sialorreia.

 

Como controlar?


No caso da sialorreia, uma opção de tratamento é com o uso da toxina botulínica (botox) ou outros tipos de medicamentos que serão prescritos pelo médico ou cirurgião dentista. Em alguns casos é necessário cirurgia para tratar a sialorreia.


Para controlar a hipersalivação, é necessário fazer a troca de algum medicamento que pode estar causando o problema ou enxaguante bucal, caso contenha álcool na sua composição. Porém, é possível tomar alguns cuidados como evitar alimentos e bebidas que podem estimular produção de saliva como frutas cítricas e bebidas álcoolicas e é importante manter o corpo sempre bem hidratado.

Se você sofre com esse problema ou conhece alguém que passa por isso, entre em contato com nossos especialistas e agende uma consulta. Fale conosco através do nosso telefone (62) 3541-0849 ou nossas redes sociais.

 

 



(62) 3541-0849

Av. Deputado Jamel Cecílio, N? 2.496 - Sl. B13, Edifício New Business Style - CEP 74810-100, Jardim Goiás
Goiânia - GO

atendimento@cdeodontologia.com.br

© 2021 - CDE Odontologia

Produção